Semana da organização…

Essa semana resolvi dar uma geral aqui em casa. Eu sou meio neurótica (ok, assumo, sou neurótica e meia, mas não contem para ninguém… hahahaha) com arrumação, então quem me visita acha meu cantinho sempre arrumado, mas isso não quer dizer que está organizado. Huuuuum, sim, na minha cabecinha cheia de TOC há uma grande diferença.

Eu uso para a bagunça aquele bom e velho ditado de que os olhos não vem, meu coração não sente e escondo a bagunça e isso significa uma falsa organização, com gavetas entupidas de papeis e cantinhos secretos cheios de tralhas. Assim tiro o que me incomoda da minha vista (Calma gente, jogar sujeira embaixo de tapete eu não faço. Até porque sou neurótica com limpeza).

Mel espertinha, cuidando das coisas dela para não ir pro lixo. KKKKKK

Mel espertinha, cuidando das coisas dela para não ir pro lixo. KKKKKK

Só que o fato de eu não ver, não quer dizer que eu não saiba (olha mas um TOC aí gente…) e uma vez por semestre, eu tenho um super surto de organização (Para tristeza e pânico de quem mora comigo… Antes minha mãe e agora meu marido) e pego uma semana para fazer a rapa na bagunça (minha, da Mel, do marido e se deixar, invado a casa do vizinho) e isso significa sacos de lixo com papéis que não tem a menor utilidade, pastas reorganizadas e uma geral em todos os cômodos para ver o que fica e o que sai.

Geralmente é uma semana estressante (principalmente para quem convive comigo), mas o resultado final é fantástico. Talvez Freud explique, talvez não, mas o fato é que quando organizo a casa, acabo organizando a vida. Sinto que quando tiro as coisas físicas que não fazem mais parte das nossas vidas, acabo tirando os sentimentos que não fazem mais parte de mim e ao mesmo tempo que revejo as coisas que valem a pena ficar (sim, alguns queridinhos nos acompanharão a vida toda), relembro sensações e me situo melhor o momento que estou vivendo e valorizo mais o que realmente vale a pena.

Não entendo aquelas pessoas que não conseguem se desapegar, que guardam coisas inúteis porque um dia pode precisar, que mantém a casa atolada de coisas que não conseguem se desfazer, deixando de ter espaço para o novo, para coisas úteis e beeeem mais legais, que nesse momento da vida tenha mais significado e importância. Sei lá, tem gente que tem um guarda-roupas cheio de roupas que não cabem há anos, uns 3 números menor do que usa no momento e deixam lá porque um dia podem emagrecer. Certo, começa eliminando as roupas e aproveita para eliminar o peso… Quando chegar no tamanho que quer, o mínimo que você merece é um monte de roupas novas, né?

Bom, agora vou cuidar das coisinhas por aqui e abrir vários espacinhos para coisas novas e lindas para chamar de meu.

Nenhum comentário ainda

Deixe uma mensagem

ERROR: si-captcha.php plugin: GD image support not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable GD image support for PHP.

ERROR: si-captcha.php plugin: imagepng function not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable imagepng for PHP.

Limpar tudo